Avaliação do Processamento Auditivo Central

O que é?

A avaliação é realizada para verificar déficits nas funções auditivas centrais. É indicado para pessoas com dificuldade de compreensão da fala, crianças e adolescentes com alterações de fala e/ou aprendizagem e quando há dificuldade na adaptação dos aparelhos de amplificação sonora individual de indivíduos com perdas auditivas leves ou moderadas.

Para que o som seja ouvido, é preciso que entre pelo conduto auditivo, passe pela membrana timpânica, pela cadeia ossicular e pela cóclea. Depois, percorre todo o nervo auditivo (oitavo par craniano: nervo vestibulococlear), chega no córtex temporal onde ele ganha significado e o cérebro desenvolve uma resposta ao estímulo (seja pegar um objeto ou responder uma pergunta).

Basicamente, a audiometria verifica se o som está chegando; e no exame de processamento, é observado o que o cérebro está fazendo com esse som.

Como é realizado?

O exame é realizado em cabine acústica com o uso de fones. É aplicada uma bateria de testes comportamentais que avaliam diferentes funções auditivas, como fechamento, figura-fundo, integração e separação binaural, resolução e ordenação temporal, associação de estímulos auditivos e visuais, testes de memória sequencial e localização auditiva.

O exame de processamento leva cerca de duas horas para avaliar todas as habilidades; por isso geralmente é realizado em dois dias, para maior comodidade do paciente.

Alteração do processamento auditivo central

É um distúrbio da audição, no qual há dificuldade da habilidade auditiva de analisar e/ou interpretar os padrões sonoros. Não é considerado uma doença, mas uma disfunção que tem cura. Está presente, inclusive, em pessoas que escutam normalmente.

Agende uma avaliação auditiva.

Vamos entrar em contato

Procurar Unidade