Remoção de Cerumen

Cerúmen, ou “cera de ouvido”, é uma substância natural que limpa, protege e lubrifica o canal auditivo externo, mas também é a principal causa da obstrução do canal auditivo.

Geralmente não causa danos à região, mas pode levar a diversos sintomas como perda de audição, zumbido, sensação de entupimento, coceira, otalgia, otorreia, mau odor e tosse.

A remoção da cera de ouvido é indicada quando o material apresenta-se em quantidade intensa, prejudicando a audição.

Além disso, a impactação de cerúmen pode atrapalhar a avaliação diagnóstica, impedindo a análise completa do canal auditivo externo e da membrana timpânica, ou interferr em exames diagnósticos, como audiometria e imitanciometria.

Por isso, há casos em que mesmo que o paciente tenha obstrução, é recomendado o exame auditivo antes e depois da remoção do cerúmen, a fim de verificar o quanto a cera estava impedindo a passagem do som.

Como funciona?

O procedimento é realizado na consulta de forma simples. Nesses casos o médico realiza a otoscopia e a lavagem do ouvido para remoção da cera.

Não raramente, a cera pode estar sólida e causar desconforto durante a remoção. Nesse caso, o médico prescreve ao paciente uma medicação indicada para amolecer a cera, que deve ser tomada alguns dias antes da remoção.

Quem realiza?

A remoção de cerúmen é realizada exclusivamente pelo médico otorrino.

Agende uma avaliação auditiva.

Vamos entrar em contato

Procurar Unidade